sábado, 23 de setembro de 2017

Minha Deusa da Lunação – 20/09 a 19/10/ 2017: Rati

“Abrace sua paixão.”

Adorada na Índia, a bela Rati tem  o corpo maduro de uma mulher nos últimos estágios da gravidez. Seus poderes que inspiram paixão têm semelhança com Vênus, a deusa romana do amor. Embora Rati fosse filha do fogoso deus solar Daksha, ela é associada com a água. As apsarás – um grupo de deusas aquáticas tão mutáveis quanto as marés – incluem essa deusa hindu do amor entre seus muitos membros. Famosa pela sua capacidade de mudar de forma, , as apsarás muitas vezes assumem a aparência de mulheres sedutoras e irresistíveis.

Os poderes passionais de Rati inspiraram um livro semelhante ao Kama Sutra intitulado Ratirahasya, que significa “os segredos do amor”. Os segredos da deusa do amor são expostos em suas páginas explícitas, que incluem numerosas técnicas para proporcionar prazer aos amantes.

Texto retirado do livro “Oráculo Sagrado das Deusas”, de Kris Waldherr

Ótima lua nova a tod@s!
Mônica Azevedo


terça-feira, 22 de agosto de 2017

Minha Deusa da Lunação – 21/08 a 20/09/ 2017: Zhinu

“Deixe que as estrelas inspirem você. Descubram um modo original de superar um obstáculo.”
A deusa chinesa Zhinu é a patrona divina da tecelagem. Ela é responsável pela confecção das roupas ornamentadas do Imperador Celestial e sua família, e em seu trabalho é semelhante a uma fada.

Zhinu também é associada com os céus, cujos movimentos supostamente tecem o destino. Alguns afirmam que ela mora dentro da constelação de Lira, em Veja, uma estrela brilhante. Uma história conecta a criação da Via Láctea com essa deusa. Quando Zhinu se apaixonou por um pastor mortal, ela começou a negligenciar sua tecelagem, para frustração de muitos mortais. Para manter os dois amantes separados, deuses colocaram um rio de estrelas entre eles. No entanto, um bando de gralhas se apiedou deles e decidiram voar juntas para formar uma ponte  sobre a Via Láctea, reunindo a deusa com seu amado.

Texto retirado do livro “Oráculo Sagrado das Deusas”, de Kris Waldherr

Ótima lua nova a tod@s!


Mônica Azevedo

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Minha Deusa da Lunação – 23/07 a 21/08/ 2017: Rhiannon

No Mabinogion, uma coleção de mitos galeses, a deusa dos cavalos Rhiannon é apresentada como uma deusa encantadora e diáfana, trajada de ouro puro. Pwyll, o príncipe de Dyfed, apaixonou-se por ela depois de contemplar em segredo a beleza etérea dessa deusa, em seu cavalo branco. Pwyll adivinhou a sua origem divina, mas estava fascinado. Ele cavalgou tão depressa quanto pôde para alcança-la, mas não importava o quanto corresse, não conseguiu alcançar a deusa.

Por fim, humilhado, o príncipe pediu a Rhiannon para esperar por ele, o que ela fe. Quando ele perguntou: “Por que você não parou antes?”, ela respondeu: “Por que você não pediu antes?” E assim, Rhiannon aceitou Pwyll como seu consorte. A história de Rhiannon e Pwyll sugere que os nossos desejos sempre estão ao nosso alcance. Para que eles sejam realizados, às vezes tudo o que precisamos fazer é pedir.

Texto retirado do livro “Oráculo Sagrado das Deusas”, de Kris Waldherr

Ótima lua nova a tod@s!

Mônica Azevedo


“Escolha uma estratégia para atingir o seu objetivo. A hora é agora.”

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Minha Deusa da Lunação – 23/06 a 23/07/ 2017: As Moiras

Confie no destino à sua frente.
Na Grécia antiga, as moiras eram conhecidas como as três irmãs responsáveis pelo fio da vida que regia o destino. A primeira moira era a Clotho, que tecia o fio da vida. A segunda era Lachesis, que decidia quanto tempo de vida era reservado para cada ser humano. Atropos cortava o fio quando fosse chegada a hora da morte.

As Moiras eram responsáveis pela criação, preservação e destruição da vida, de modo muito semelhante ao de outras deusas tríplices veneradas em todo o mundo. Seus poderes eram tão grandes que elas eram temidas tanto pelos homens como pelos imortais do Olimpo.

Texto retirado do livro “Oráculo Sagrado das Deusas”, de Kris Waldherr

Ótima lua nova a tod@s!


Mônica Azevedo

quarta-feira, 31 de maio de 2017

10 anos de blog!

Como o tempo passa!
Há exatos 10 anos esse blog nascia!
Com uma proposta de que diversas mulheres pudessem aqui ter um espaço para falarem da vida, de sua jornada, de suas experiências. Em espaço de leitura, de acolhimento, de compreensão. E também um espaço para falar sobre o feminino.
O tempo foi passando, o rio vai fluindo e muito mudou. Ficamos eu (Ana K.) e a Mônica seguindo nossos propósitos de compartilhar posts dentro da visão ecofeminista e da espiritualidade feminina.
Tivemos por um pequeno período um grupo de estudos, que foi interrompido, mas que pode vir a surgir repaginado, com outra cara, outro formato e em outro local.

Seguimos aqui, com profunda gratidão a quem nos acompanha, seja de longa data ou não, com muito carinho por esse blog que tanto nos ajuda e ajuda a quem o encontra.

Sigamos com coragem, fé e a nossa bem-aventurança!

Parabéns pra nós!!!



Beijos,
Ana K. e Mônica de Azevedo

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Minha Deusa da Lunação – 25/05 a 23/06/ 2017: Fortuna


Inicialmente considerada uma deusa da fertilidade, a deusa Fortuna regia as leis da oportunidade. Fortuna foi venerada em todo o Império Romano em numerosas personificações, todas para atender às necessidades dos suplicantes. Por exemplo, as mulheres recém-casadas cultuavam Fortuna como a deusa da Fortuna Virginal. Elas lhe ofereciam os trajes da sua noite nupcial para que ela pudesse abençoar suas uniões.

Em geral considerada uma deusa generosa ao atender favores, posteriormente Fortuna foi vista como uma divindade com inclinações imprevisíveis. Nas pinturas manuscritas medievais, fortuna era tradicionalmente representada com uma venda, sugerindo a arbitrariedade e algumas vezes a natureza surpreendente da oportunidade. Ela também era conhecida como uma deusa de duas faces, uma sorridente e a outra com um semblante sombrio.

Texto retirado do livro “Oráculo Sagrado das Deusas”, de Kris Waldherr

Coincidência ou não, hoje (26 de maio) é dia de celebração da deusa! 

Ótima lua nova a tod@s!


Mônica Azevedo

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Mês de Maio

Hoje temos inicio do mês de maio.
Uma das versões fala que sua origem vem da deusa grega Maia, que é uma das plêiades, uma das sete filhas de Atlas e Pleione. Maia é mãe do Deus Hermes (Mercúrio para os romanos), deusa das flores, da primavera, da abundância.
Ésquilo aparentemente identifica Maia "a mãe cuidadora" com Gaia "a Terra". Em várias ocasiões ele chama a deusa da Terra Gaia (Mãe Terra) de Maia e junto dela está Hermes Khthonios ("da Terra").
Em Roma existe a Maia Maiestas, deusa da fecundidade e identificada também com a deusa Boa Dea e Fauna.
Seu nome significa literalmente "pequena mãe". Posteriormente o mês foi ligado a Maria mãe de Jesus, à todas as mães e também as noivas, que remete ao antigo festival de Beltane, comemorado dia 1º de maio, propício para uniões e com costume do uso de coroas de flores e buquês além de danças ao redor do Mastro de Maio (Maypole).
Hoje é o meio da primavera mítica, iniciada lá no dia 20 de março.
O Sol também caminha pelo signo de Touro, signo fixo, feminino e que está na exaltação da Lua, símbolo feminino por excelência.



Excelente mês a tod@s!
Ana K.

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Minha Deusa da Lunação: 26/04 a 25/05/2017 - Ísis


No Egito, Ísis é considerada a grande mãe do universo.  Também foi adorada na época do Império Romano. O seu poder de cura é tão grande, que trouxe de volta à vida o seu marido, Osíris, quando o seu irmão, Set o assassinou e dividiu em vários pedaços. Ísis procurou cada pedaço de Osíris e com suas habilidades mágicas, conseguiu encontrá-los e ressuscitar o marido. E da união de Ísis e Osíris, nasceu Hórus, um deus de igual importância no Egito.

Busque o auxílio de Ísis sempre que precisar de acolhimento, cura e poder. Ísis também pode nos ajudar a resolver questões de vidas passadas.

Ótima lua nova a tod@s!

Mônica Azevedo


Oráculo consultado: “Oráculo Sagrado das Deusas”, de Kris Waldherr

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...